Fazer uma água energizada com cristais é muito simples, mas requer toda a nossa dedicação e comprometimento no método para assim obtermos todos os benefícios do cristal. Todos os passos são importantes, e não deveremos saltar nenhum procedimento pois poderemos inviabilizar o resultado final. Peço para respeitar as quantidades sugeridas pois excede-las não irá incrementar os benefícios, muito pelo contrário, irá desequilibrar o corpo e criar efeitos secundários físicos, visto alguns cristais serem de frequências intensas e fortes.

Material:

  • 150 ml de água pouco mineralizada (ler na etiqueta da garrafa de água o item que diz “resíduo seco” ou “mineralização total” dependendo da marca da água. O valor deverá estar abaixo dos 100mg/l) também pode ser utilizada água de filtro.
  • 1 ponta de cristal de quartzo
  • 1 cristal rolado a escolha
  • 1 copo de vidro + 1 guardanapo para tapar o copo

 

Passo a descrever todos os passos de forma simples e clara:

3

1) O primeiro passo consiste em limpar fisicamente os cristais com água. Passar por água da torneira os cristais antes e depois de os usar, pois além de retirar poeiras ou sujidades, a água irá absorver a energia (calor, carga estática) e libertá-la para fora do cristal.

 

 

2) O segundo passo será a limpeza energética. Para isto, vamos utilizar um dos métodos mais5 profundos e intensos, contudo não invasivo – o sal grosso marinho. Vamos limpar os cristais em sal seco (sem água) antes de os usar pela 1ª vez: encher um recipiente de vidro cobrindo o seu fundo com sal grosso marinho. Depois colocar um novo recipiente de vidro por cima do sal grosso. Os cristais que queremos limpar deverão ser colocados dentro do recipiente vazio. Assim, o sal não entra em contato direto com os cristais evitando desta forma que se danifiquem pois o sal é o método mais profundo e intenso de limpeza energética. Os cristais deverão permanecer nesta disposição entre 30 minutos e máximo 1h30.

 

3)  Após este período de limpeza e passando agora para o terceiro passo, deveremos retirar os cristais e carregá-los ao sol para obtermos o máximo rendimento dos mesmos. ATENÇÃO: não vamos colocar os cristais no sol do meio-dia, ou seja, na altura de maior radiação pois irá danificar os nossos cristais. Vamos sim, coloca-los no sol da manhã ou no sol do final do dia durante 30 minutos.

Depois de limpos e carregues estão prontos para serem utilizados! Aconselho a repetir todo este procedimento uma vez por semana. Durante a semana, os cristais deverão ser passados por água da torneira sempre que forem utilizados para desmagnetizar e limpar a energia. Também poderão utilizar a defumação, ou seja, queimar incenso e passar o cristal pelo fumo durante cerca de um minuto.

4) O quarto passo consiste na elaboração propriamente dita da água energiza20151009_111705da. Encher o copo de vidro com 150ml de água e tapa-lo com um guardanapo branco. Colocar a ponta de cristal de quartzo apontando para dentro do copo. Colocar o cristal rolado escolhido na base do cristal de quartzo, ou seja, atrás da ponta de cristal de quartzo. Deixar esta disposição por 15 minutos mínimo e máximo 2h. Não ultrapassar o tempo recomendado pois poderão surgir efeitos secundários: náuseas, tonturas, mal-disposição, arrepios, diarreia entre outros. A informação, ou seja, a frequência energética do cristal será transferida para a água e ao bebé-la iremos beneficiar de todas as suas características, físicas e energéticas. Nota: a preparação da água deverá ser feita sobre base de madeira, que é um elemento neutro (podem usar uma tábua de cozinha para o efeito) e longe de fontes de radiação (telemóveis, televisão, computador, etc).

5) Depois de terminar o tempo de disposição, teremos um concentrado energético da frequência daquele cristal. Ou seja, será como se tivéssemos um concentrado de sumo. E como tal, não iremos bebé-lo de uma única vez pois experimentaríamos os efeitos secundários supra descritos. Temos de o diluir! Assim, pegamos nos 150ml de concentrado energético e vamos acrescentar mais 350ml de água para totalizarmos 500ml de água. Esta diluição está pronta para ser bebida naturalmente, como se fosse água normal só que está infundida de energia. Normalmente, deveremos preparar diariamente uma água energizada, uma vez que a informação nela contida dura apenas 24 horas. A duração depende daquilo que eu preciso, mas em media recomendo fazer a mesma água durante 21 dias para obtermos os efeitos pretendidos. Depois disso, é altura de descanso! O nosso corpo já recebeu a informação e já a gravou e precisa de adaptar-se a nova frequência sem ajuda do cristal. Poderemos repetir a água com o mesmo cristal ou com outro, caso seja necessário prolongar o tratamento ou inserir uma nova frequência. Como tudo na vida, o exagero mesmo que seja de “frequências positivas” nunca é bom. Por isso, apelo ao bom senso, e recomendo um mês de descanso antes de reiniciarmos uma nova água.