fbpx

ANA PATRICIA

Menopausa – O Renascimento
Menopausa – O Renascimento

A menopausa significa uma grande mudança hormonal. É considerada como o término da própria feminidade, o fim do nosso objetivo de estar no mundo como mulher e, consequentemente, uma perda de orientação e satisfação.

Trata-se de um período caracterizado por uma elevada atividade emocional que guarda uma vinculação especial com as sensações, se ainda és capaz de amar e ser desejada. Muitas mulheres podem sentir-se seriamente deprimidas durante este período, assim como quando os homens se reformam e descobrem que não lhes fica nada por fazer.

Existe uma profunda necessidade de encontrar a mulher que reside dentro de nós, não apenas aquela que consiste num corpo fértil, mas sim aquela que transcende mais além da capacidade de procriação.

Trata-se de dar um objetivo mais profundo do que estar apenas neste mundo, ou seja, encontrar a tua própria direção espiritual por ti mesma. A menopausa, assim como a reforma, pode ser um tempo propício para descobrir a liberdade, a individualidade, uma época de grandes mudanças e desafios. Ela assinala uma passagem para uma fase mais sábia e pode equivaler também a um renascimento.

Segundo Luís Martins Simões, os sintomas da menopausa podem ser considerados “os últimos sobressaltos do corpo e da consciência da mulher antes de aceitar esta nova fase da sua vida. Os acessos de calor mostram o ainda desejo sexual do corpo (que permanece) que deve ser contemplado e vivido e que não tem nenhuma razão para desaparecer.

Na menopausa é importante que a mulher compense essa perda de feminidade por uma atitude de vida mais feminina, mais suave, mais conectada com a sua essência e compreenda que o seu desejo sexual não ficou diminuído.
Ao contrário: a mulher na menopausa deve viver a sua sexualidade em pleno – não há a preocupação de engravidar, há mais experiência e abertura.

A osteoporose na menopausa não tem nada a ver com o próprio processo da menopausa, mas sim com a desvalorização da pessoa. Certas mulheres que chegam à menopausa consideram que já não servem para nada e desvalorizam-se. São mulheres cujo passado foi baseado na função de mãe mais do que de mulher, deixando o papel de mulher feminina para segundo plano. Outras são mulheres cuja atividade sexual sempre foi reprimida, pois, para elas, a sexualidade estava apenas prevista para procriar”

É possível SIM atravessar a menopausa de forma natural e suave quando a mulher aprende a aceitar envelhecer, aceitar o fim de uma das funções femininas mais importantes que é procriar. Ela tem de passar da procriação à criação por si mesma. Quanto mais dificilmente é vivido o período da menopausa, mais o teu corpo te diz para não teres medo de fazer a transição para a velhice. Não é porque o teu corpo te dá menos rendimento, que não podes criar a tua vida. Deves rever a tua definição de velhice. Deves permitir-te querer criar para ti a partir de agora. Em geral, antes da menopausa, a mulher está ocupada a procriar e a criar para os outros. É agora a tua vez. Criares para ti, ter tempo para refletir, tomar decisões com calma e permitires-te mais tempo sozinha contigo mesma.

A mensagem MAIS IMPORTANTE que quero passar-te aqui é que não tens de sofrer! Eu acredito que o que tu acreditas acerca da menopausa irá afetar a tua menopausa.

Cada pensamento que pensas, cada palavra que dizes é uma impressão que gravas na tua mente e o teu corpo tem de o tornar real.

Os pensamentos são ideias, opiniões. E cada pensamento que pensas tem uma reação física e uma resposta emocional. E todos os pensamentos conscientes e inconscientes podem ser mudados.

Podes estar agora a dizer: Mas eu não quero estes sintomas, eu não escolhi isto, eu não queria passar pela menopausa da mesma forma terrível que a minha mãe/tia/amiga passou.

Lembra-te que a emoção ganha sempre. Nesta batalha entre o que queres que não aconteça e o que sentes que pode acontecer…quem achas que vai ganhar? A emoção mais forte, não a lógica.

Coloca-te estas perguntas:

  • O que tu acreditas pessoalmente que é a menopausa?
  • Que tipo de palavras usas para falar dela?
  • Tens medo dela?
  • Receias que ela entre/esteja na tua vida?
  • Pensas que a menopausa está fora do teu controlo e que não há nada que possas fazer para ultrapassar os sintomas, que ela vem ter contigo, e estás a mercê dela?

Ou

  • queres acreditar e sentir que podes acelerar o processo, que podes passar pela menopausa quase sem dar por ela?

Eu posso ajudar-te. Eu posso ajudar-te a passares por esta incrível e fabulosa fase de forma suave e rápida. Eu posso ajudar-te a mudares a forma como vês a menopausa e como te vê a ti mesma, independentemente dos sintomas que estejas a atravessar ou das alterações físicas e hormonais que estejam a decorrer no teu corpo.

Sei que para muitas mulheres esta fase é uma fase de solidão, incompreensão e preconceito. Sentem-se perdidas e não há muita ajuda a quem possam recorrer. Mas, não precisa de ser assim.

Se queres saber como te posso ajudar, marca uma chamada comigo gratuita clicando no botão em baixo. Vamos falar e explicar-te como a Hipnoterapia RTT com Cristais te pode ajudar de forma rápida e incrível!

Um forte abraço cristalino de mulher para mulher.

MAIS ARTIGOS

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *